RAY vence e convence

PDF
   A RAY Racing Team teve hoje uma prestação irrepreensível na segunda corrida do Campeonato de Portugal de Circuitos/Iberian Supercars Trophy do programa do Campeonato do Mundo FIA GT1, conquistando uma merecida vitória.

A formação algarvia vinha demonstrando desde sexta-feira que estava extremamente competitiva no Autódromo Internacional do Algarve, tendo rodado consistentemente entre os primeiros, o que levou a que o seu Ferrari F430 GT2 terminasse a prova de ontem no terceiro posto.

Para a corrida de hoje, face à impossibilidade de João Figueiredo alinhar na quarta posição da grelha de partida, Alessandro Pier Guidi arrancou do décimo segundo posto e com um handicap de dez segundos – cinco devido ao terceiro lugar de ontem e cinco dado ser o único piloto ao volante do carro da RAY Racing Team.

Mas nem por isso o piloto transalpino se atemorizou e rapidamente se chegou aos homens da frente, iniciando uma longa e aguerrida batalha. Após as paragens nas boxes Alessandro Pier Guidi aumentou a pressão sobre o líder, acabando este por realizar um pião que entregou a vitória ao homem da RAY Racing Team. “Sabia que tinha que atacar ao máximo desde início se quisesse tentar lutar pela vitória e foi o que fiz e rapidamente cheguei-me aos carros da frente. O Ferrari estava muito eficaz, o que facilitou a minha tarefa, mas foi uma corrida sempre a fundo, dado que tinha também o handicap para recuperar”, afirmou Alessandro Pier Guidi.

O piloto da RAY Racing Team mostrou-se bastante feliz com o resultado alcançado, não deixando de dedicar a vitória a João Figueiredo, que devido a problemas pessoais não pôde hoje tomar parte na corrida. “Foi muito importante ter conquistado esta vitória, uma vez que estamos a correr ao lado da base da equipa e mostrámos que o Ferrari F430 GT2 é competitivo. Gostaria de dedicar este triunfo ao João que está passar por uma situação bastante difícil”, afirmou Alessandro Pier Guidi.