BMW é a primeira repetente

PDF
120819GT1   A Vita4One Racing BMW venceu a Corrida de Campeonato da segunda ronda da Eslováquia do Campeonato do Mundo FIA GT1, tornando-se na primeira marca a vencer esta temporada duas provas principais.

Depois do domínio evidenciado ontem, a formação do construtor bávaro era a principal candidata ao triunfo na corrida desta tarde e, logo no arranque, justificou essa aposta, uma vez que Yelmer Buurman (BMW Z4 #18) manteve o comando da corrida, passando a imprimir um intenso ritmo que se mostrou fora do alcance dos seus perseguidores.

Já Nikolaus Mayr-Melnhof (BMW Z4 #17) viu-se suplantado pelo Mercedes SLS AMG número trinta e oito. Ainda assim, o piloto austríaco conseguiu desenvencilhar-se de Marc Basseng, passando a rodar no segundo posto, tudo parecendo seguir calmamente para mais uma dobradinha da BMW – muito embora os quatro primeiros tenham chegado a rodar bastante juntos – dado que os extraordinários pit-stops da Vita4One Racing garantiram que os seus carros mantivessem as duas primeiras posições da corrida.

No entanto, a cerca de cinco minutos da bandeirada de xadrez, o Safety-Car foi obrigado a entrar em pista para limpar o asfalto do traçado eslovaco, dado o para-choques traseiro do McLaren de Álvaro Parente se ter desintegrado ao passar por um corrector quando o piloto português atacava o Mercedes SLS AMG número trinta e sete.

Após concluída a operação de limpeza da pista, restou apenas uma volta de acção, mas Mathias Lauda distraiu-se e viu-se suplantado por Marcus Winkelhock, que subiu ao segundo posto, intrometendo-se entre os dois carros bávaros.

Nas posições seguintes ficaram os dois Audi da Belgian Audi Club Team WRT, com vantagem para o R8 LMS número trinta e três, depois de Oliver Jarvis ter protagonizado um turno de condução notável. O piloto inglês beneficiaria de uma penalização do outro carro da equipa, devido a uma infracção durante a paragem nas boxes, o que impediu que Stephane Ortelli e Laurens Vanthoor pudessem lutar por um lugar no pódio.

A AF Corse Ferrari teve mais um dia pouco produtivo, terminando Filip Salaquarda/Tony Vilander no sexto posto, ao passo que Enzo Ide/Francesco Castellacci abandonaram devido a danos causados por um furo no pneu dianteiro esquerdo do seu 458 Italia.

A Reiter Engineering Lamborghini não teve um dia brilhante, com Peter Kox/Darryl O’Young a terminarem num distante sétimo lugar e Albert von Thurn und Taxis/Stefan Rosina a desistirem com um furo.

A Hexis Racing McLaren também não esteve melhor, tendo Fred Makowiecki abandonado logo no início com um toque no arranque que deixou mazelas no carro inglês. Ao passo que Álvaro Parente levou até ao nono lugar um MP4-12C com o extractor aerodinâmico traseiro partido.

O Ford GT partilhado por Milos Pavlovic e Andrea Zuber abandonaram depois de terem chegado a rodar nas posições dos pontos.

A próxima ronda do Campeonato do Mundo FIA GT1 terá lugar dentro de duas semanas na Rússia, onde se espera mais um evento pleno de emoções, como foi o caso da segunda passagem pelo Slovakia Ring.