GT1 descobre novos territórios na Rússia

PDF
   O Campeonato do Mundo FIA GT1 conquista novas fronteiras ao visitar no próximo fim-de-semana a Moscow Raceway, na Rússia, onde será disputada a sétima ronda da temporada.
A Moscow Raceway, situada nos arredores da capital russa, é o primeiro autódromo de nível mundial do país e foi inaugurado no passado dia 15 de Julho.
O Campeonato do Mundo FIA GT1 será o primeiro evento sancionado pela FIA a visitar o circuito.
O traçado russo, criado por reconhecido designer de circuitos de Fórmula 1 Hermann Tilke, tem 3,931km de perímetro e cria aos pilotos inúmeros desafios técnicos.
“Estamos muitos satisfeitos por levarmos à Rússia corridas de GT de nível mundial, depois do trabalho árduo que desenvolvemos nos últimos anos”, afirmou Stéphane Ratel, fundador e CEO do SRO Motorsports Group.
"A Rússia é um mercado importante para os construtores de carros de GT e existe um enorme potencial de desenvolvimento para as corridas de GT neste país.
Haverá uma forte presença de pilotos e equipas russas na grelha de partida e estamos ansiosos por oferecer corridas emocionantes aos adeptos de automobilismo que visitarão a Moscow Raceway”.

Ekaterina Beltsevich, a presidente da Moscow Raceway acrescentou: “Estamos muito satisfeitos por poder dar a boas-vindas ao Campeonato do Mundo FIA GT1 para o seu primeiro evento na Rússia.
Abrimos a Moscow Raceway há apenas algumas semanas e ter um Campeonato Mundial na nossa primeira temporada é uma enorme honra para nós.
Os espectaculares carros de GT prometem corridas entusiasmantes nos quatro quilómetros da pista de Grande Prémio. Os adeptos russos de automobilismo e os organizadores estão ansiosos por este evento”
.
Moscovo será, igualmente, o primeiro evento onde o Campeonato do Mundo FIA GT1 e o Campeonato Europeu FIA GT3 dividirão a grelha de partida.
A batalha pelo Campeonato do Mundo FIA GT1 está a entrar a sua fase crucial. Michael Bartels e Yelmer Buurman, da Vita4One Racing BMW, garantiram duas vitórias na Eslováquia na sexta ronda, consolidando a sua liderança na competição de pilotos.
Os homens da marca bávara têm na sua conta cento e vinte e um pontos, ao passo que Mark Basseng e Markus Winkelhock, da ALL-INKL.COM Münnich Motorsport Mercedes, conquistaram cento e cinco, contra os oitenta e dois do duo da Hexis McLaren, Fred Makowiecki e Stef Dusseldorp.
No Campeonato de Equipas, a ALL-INKL.COM Münnich Motorsport Mercedes lidera com cento e oitenta e cinco pontos, seguida pela Vita4One Racing BMW (166) e pela Belgian Audi Club Team WRT (126).
Bartels, o patrão da Vita4One, acredita que ainda tudo está por jogar, seja no Campeonato de Pilotos seja no Campeonato de Equipas.
“O campeonato ainda está muito aberto – ainda há um longo caminho a percorrer, três eventos, e noventa e nove pontos por disputar, portanto, temos que estar concentrados ao longo do fim-de-semana, continuar a trabalhar em todos os detalhes”, afirmou o alemão.
Bartels, tal como os restantes pilotos, revela que contará com a tecnologia mais recente para se familiarizar com a Moscow Raceway.
“Nos tempos do YouTube, computadores, jogos, etc, todos já conhecem o circuito. Pessoalmente, ainda não estou totalmente nesses tempos modernos, mas tenho a certeza de que o Yelmer (Buurman) dar-me-á algumas indicações sobre o circuito”, afirmou o germânico, acrescentando: “Todos estão ansiosos pela corrida, dado que vamos a uma das maiores cidades do mundo. É uma pista nova e acredito que teremos muito público. Teremos uma grelha de partida completa, uma vez que a GT3 junta-se a nós, portanto, vai ser um pouco mais interessante. É fantástico que o SRO Motorsport Group tenha acabado por conseguir realizar este evento”.
Marc Basseng, o patrão da ALL-INKL.COM Münnich Motorsport Mercedes, também esteve a fazer o seu trabalho de casa: “Vi a cobertura televisiva da corrida de Fórmula Renault em Moscovo. O circuito parece sinuoso, portanto, não sei se será bom para o nosso carro. Penso que o iremos descobrir brevemente”.
“É bom visitar Moscovo, porque demonstra que o campeonato está a explorar novos mercados. A viagem será uma aventura para os camiões, mas estamos preparados. O nosso objectivo é marcar mais pontos que a BMW ao longo do fim-de-semana”.
Nicky Pastorelli, que pilota o Mercedes número trinta e sete com Thomas Jager, está entusiasmado com o desconhecido. “Estou ansioso por correr na Rússia. Penso que é muito positivo para o campeonato e para todos nós que competimos nele”, afirmou o holandês.
“É claro que não sei muito sobre a pista, uma vez que nunca lá estive. Vi alguns vídeos e falei com algumas pessoas que estiveram lá em outros campeonatos.
Parece ser uma pista suave. Mas, como sempre, só sabemos quando lá chegarmos e fizermos a primeira volta.
Perdemos alguns pontos na Eslováquia, portanto, necessitamos de recuperar para que possamos manter-nos na luta pelo campeonato”
, sublinhou o piloto da Mercedes.
O português Álvaro Parente, que partilha o McLaren número dois com Gregoire Demoustier, espera regressar às boas exibições em Moscovo. “Depois de todos os problemas na Eslováquia, é bom concentrarmo-nos noutro fim-de-semana de corridas com uma pista nova e com um novo país. No entanto, temos que perceber os problemas que sofremos no último evento, dado que tivemos muitas dificuldades.
Espero que tenhamos ultrapassado esses problemas e possamos adaptar bem o nosso carro ao circuito de modo a podermos regressar à boa forma que evidenciámos nas rondas anteriores. Uma coisa posso garantir, vamos dar o nosso melhor”
, afirmou o piloto da Hexis Racing McLaren.
No Slovakia Ring, Laurens Vanthoor e Stéphane Ortelli, que partilham o Audi R8 LMS número trinta e dois da Belgian Audi Club Team WRT, lutaram pelo pódio da Corrida de Campeonato até um Drive-Through devido a uma infracção durante a paragem nas boxes os relegar para o quinto lugar.
Vanthoor está entusiasmado com a viagem a Moscovo. “Esta viagem à Rússia é excitante, é um dos pontos altos da temporada. Nunca estive na Rússia, portanto, também a nível pessoal é especial.
A Rússia é um país grande e famoso e realizar uma corrida de GT1 lá era algo que teríamos que fazer. Estou também orgulhoso por anunciar um parceiro especial para a corrida russa, a Berghoff Worldwide, portanto, será igualmente um evento importante para mim com muitos convidados.
Até agora, não tenho qualquer ideia sobre a pista, para ser honesto. Vou começar a aprender a pista através de vídeos onboard, simulações e de conversas com pessoas que já lá tenham estado”
, afirmou o jovem belga.
O piloto da Audi espera poder, juntamente com Ortelli, continuar a boa forma que mostrou na Eslováquia: “Depois de Nogaro tivemos um período difícil, mas na corrida do Slovakia Ring deu-nos uma nova esperança. Terminar no pódio é o nosso objectivo para a Corrida de Campeonato. Trabalharemos arduamente para isso e tentaremos não cometer erros e então a sorte virá ter connosco. Uma vitória seria muito bom”.
Frank Stippler, que terminou na companhia de Oliver Jarvis no quarto lugar, está focado em garantir mais pódios. “Precisamos de um fim-de-semana sem problemas, algo que não acontece desde Nogaro, e marcar alguns pontos para o campeonato. Toda a equipa tem vindo a trabalhar afincadamente e merece um bom resultado” afirmou o alemão que tripula o carro número trinta e três.
No Campeonato da Europa FIA GT3 a Rússia estará bem representada. Para além dos habituais Ferrari 458 Italia de Sergey Ryabov, Vyacheslav Maleev e Kirill Ladygin, a Esta Motorsport alinhará com dois Ferrari com Aleksander Skryabin e Aleksey Basov entre os pilotos escolhidos.
Skryabin, que terá a companhia de Alessandro Pier Guidi no carro número cento e setenta e sete da Esta Motorsports, está deliciado por correr no seu país – e terá vantagem sobre os estreantes.
“A Moscow Raceway é a melhor e a pista mais recente da Rússia. Corri lá há um mês e venci com o Aleksey Basov a classe GT Open do Campeonato Russo. Na verdade, somos uma equipa russa baseada em Itália. Todos os membros da equipa são russos, excepto um engenheiro, italiano, e o director de equipa, americano.
Para a nossa equipa, o Campeonato da Europa FIA GT3 é um novo desafio e estamos ansioso por ele”,
disse o piloto russo.
César Campaniço, que divide o Audi R8 do Team Novadriver com Ni Amorim, conquistou um brilhante segundo lugar na segunda corrida do Algarve do Campeonato da Europa FIA GT3 e está motivado por partilhar a grelha de partida com os carros do Campeonato do Mundo FIA GT1.
“Este evento será completamente diferente, dado que vamos correr juntamente com os carros de GT1. Não há qualquer alteração nos regulamentos, vamos ver o que acontece nas corridas, mas o nosso objectivo mantêm-se: lutar pelo pódio da GT3.
Para isso, teremos que nos adaptar a uma nova pista e a uma meteorologia diferente, que parece poder ser muito instável durante o fim-de-semana.
Será um prazer visitar um novo país tão interessante como a Rússia e esperamos que a nossa estreia nesta pista seja coroada com um bom resultado”
, enfatizou César Campaniço.
Na ronda anterior, realizada em Portugal, a Heico Gravity-Charouz Team Mercedes dominou a primeira corrida, ao passo que na segunda foi o Lamborghini dividido por David Mengesdorf e Hari Proczyk que assegurou a primeira vitória da Rhino's Leipert Motorsport.
Na batalha pelo Campeonato da Europa FIA GT3 o Mercedes de Maximilian Buhk e Dominik Baumann lideram com cento e vinte nove pontos, seguido pelo Ferrari da AF Corse dividido por Gaetano Ardagna Perez e Giuseppe Ciro com cento e dez.
César Campaniço e Ni Amorim estão no sexto lugar do campeonato com setenta e nove pontos, sendo os melhores representantes da Audi.
No Campeonato de Equipas a AF Corse lidera (243) à frente da Heico Gravity-Charouz (231) e da Rhino’s Leipert Motorsport (114).

Como seguir o Campeonato do Mundo FIA GT1:
Online:
Visite o novo website do Campeonato do Mundo FIA GT1 (www.gt1world.com) para seguir em directo a transmissão das corridas e dos tempos, para além de poder manter-se a par das últimas notícias, entrevistas, artigos de fundo e resultados.
Youtube: Live streaming e as nossas peças de fundo GT1-LIFE estarão disponíveis no canal de Youtube GT World: http://www.youtube.com/gt1world.
Siga-nos no Facebook e no Twitter.
Televisão:
Haverá cobertura televisiva de todas as rondas do Campeonato do Mundo FIA GT1. Para uma listagem dos canais de televisão visite: www.gt1world.com.
Fotografia
Imagens de alta-resolução para utilização editorial estão disponíveis em: http://media.gt1world.com/